quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Conexões e Desconexões


O ser humano nasceu para relacionar-se...
Ao invés de ficarmos separados, porque não juntar?
Vamos nos conectar...
Para que tudo possa ser integrado
e possamos nos comunicar de forma mais humana.

video

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

A Fábula do Porco-Espinho...


Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.

Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente, mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor.
Por isso decidiram se afastar uns dos outros e começaram de novo a morrer congelados.

Então precisaram fazer uma escolha: ou desapareciam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.

E assim sobreviveram.

Moral da História:

O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro, e admirar suas qualidades.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Lançamento do Livro: "Letras Imaginativas"

Livro: Letras Imaginativas
Breves ensaios de Psicologia Arquetípica
Autor: Marcus Quintaes
Local: Livraria da Vila
Data: 26 de agosto de 2011
Horário: das 18h30 às 21h30





Livro: Letras Imaginativas - Breves ensaios de Psicologia Arquetípica
Ano: 2011
Editora: Paulus
Autor: Marcus Quintaes

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Livro: "Uma ética para o novo milênio"

Livro: Uma ética para o novo milênio - Sabedoria milenar para o mundo de hoje
Ano: 2000
Editora: Sextante
Autor: Dalai Lama
Sinopse:
Uma revolução se faz necessária, mas não uma revolução política, ou econômica, ou mesmo tecnológica. O que se propõe é uma revolução espiritual. Não importa muito se uma pessoa tem ou não uma crença religiosa. Muito mais importante é que seja uma boa pessoa. Neste livro, o Dalai Lama tenta mostrar o que quer dizer com a expressão 'conduta ética positiva'.
"Quanto mais coisas vejo no mundo, mais claro fica para mim que, sejamos ricos ou pobres, instruídos ou não, todos desejamos ser felizes e evitar os sofrimentos.
Constato que, de modo geral, as pessoas cuja conduta é eticamente positiva são mais felizes e satisfeitas do que aquelas que se descuidam da ética. Tentarei mostrar neste livro o que quero dizer com a expressão ´conduta ética positiva´.
Uma revolução se faz necessária, mas não uma revolução política, ou econômica, ou até mesmo tecnológica. O que proponho é uma revolução espiritual.
Ao pregar uma revolução espiritual, estaria eu afinal defendendo uma solução religiosa para nossos problemas? Não. Cheguei à conclusão de que não importa muito se uma pessoa tem ou não uma crença religiosa. Muito mais importante é que seja uma boa pessoa.
Estas declarações podem parecer estranhas, vindas de um personagem religioso. Porém, sou tibetano antes de ser Dalai-Lama, e sou humano antes de ser tibetano. Portanto, como ser humano tenho uma responsabilidade muito maior - uma responsabilidade que na verdade todos nós temos."
Sua Santidade, o Dalai-Lama